Letras de Canções – Português

Nesta página você poderá aprender algumas canções,
clique em ouvir no nome da canção.

Comente esta página por favor!
Caso queira um letra que não está aqui,
solicite e tentaremos providenciar.

Comentar


1 – MARIA, ÚNICA FLOR
2 – AMOR SEM PRECONCEITO
3 – PERMANECE CONOSCO
4 – FORÇA DA CANÇÃO
5 – ESPERANÇA DE PAZ
6 – QUANDO ENTRE NÓS ESTÁS
7 – VIVER A VIDA
8 – VIDA DE HERÓI
9 – E A TERRA SERÁ
10 – VENHO A TI
11 – ALELUIA
12 – O TESOURO
13 – A CARIDADE
14 – SALVE RAINHA
15 – VALE BEM MAIS
16 – CENTRO DO PRESENTE
17 – SIMPLESMENTE AMAR
18 – FOGO VIVO
19 – MARIA, QUEREMOS AMAR-TE
20 – SINAIS DO TEU AMOR
21 – META CERTA
22 – MARIA
23 – EFEITOS DA PALAVRA
24 – RAZÃO DO NOSSO VIVER
25 – VEM, Ó SANTO ESPÍRITO
26 – A META
27 – EM DIREÇÃO AO SOL
28 – NOVO RUMO
29 – GERAÇÃO NOVA
30 – É GRANDE
31 – UM RIO DE FELICIDADE
32 – MOSAICO
33 – GERAÇÃO 2000
34 – TRENTO 1943
35 – CANTAR TEU AMOR
36 – ALELUIA I
37 – ABENÇOA
38 – PÃO DO CÉU
39 – É TÃO LINDA A VIDA
40 – NOVA CIVILIZAÇÃO
41 – CANTAR TEU AMOR
42 – NOVA HUMANIDADE
43 – A ESCOLHA
44 – VIA LÁCTEA
45 – E UMA ESTRADA SE ABRE
46 – PALAVRAS VIVAS
47 – VEM E SEGUE-ME
48 – DEUS É AMOR
49 – EIS QUE AGORA DENTRO EM MIM
50 – IMPOSSÍVEL
51 – IDEAL QUE HISTÓRIA SE FAZ
52 – AMÉRICA, AMÉRICA
53 – VIVER PARA AMAR
54 – PEDRAS DO CAMINHO
55 – PRISMA
56 – SURGE NOVA AURORA
57 – ALEGRIA DE VIVER
58 – O DESTINO DO COSMO
59 – DESUS, ÉS O AMOR
60 – POR UM MUNDO
61 – PEQUENAS ONDAS
62 – MEU IDEAL
63 – NÓS!
64 – SIM, O IDEAL É ESPLENDIDO
65 – VAMOS CANTAR
66 – ARRASTANÇA
67 – COMO UM GRANDE RIO
68 – MÃE DULCÍSSIMA
69 – O TEU AMOR ESTÁ EM MIM
70 – QUEIMA-NOS NO TEU AMOR



1 – MARIA, ÚNICA FLOR

Maria, única flor
Que a humanidade gerou.
Só Tu, Tu nos entendes,
De Ti toda graça virá.
Maria, és plena de Deus,
Nunca demais sobre Ti se dirá.

Ave Maria, Ave
És porta aberta ao Paraíso,
Ave.

Maria, Tu és a Mãe:
Em teu silêncio, Deus falou.
Porto seguro e fortaleza
Teu coração é para nós.
Maria em Ti está a vida,
Toda criatura a Ti cantará.



2 – AMOR SEM PRECONCEITO

Com meu peito, cheio de amor sem preconceito,
Amor que tem todo direito
De crescer o que puder.
Ah,! Eu queria, com meu canto ou com meu pranto,
Derramar todo encanto desse amor pra te mostrar

Que a vida é bela,
Que a esperança te espera,
Que a paz não vai tardar,
Porque o amor só quer amar.

Se te falo de esperança, me permite
Te dizer que a dor existe,
Mas é o amor que vencerá.
Tudo passa, solidão já não existe;
A tristeza só é triste para quem não sabe amar.

Deixa entrar a paz no coração,
Deixa de lado a ilusão
E em ti nascer uma canção de amor.



3 – PERMANECE CONOSCO

A sombra vai se abrindo, quando a noite cai
E vão fugindo tantas luzes
De um dia, que jamais há de se acabar;
De um dia, que há de começar sempre;
Porque sabemos que uma nova vida,
Aqui nascida, ninguém mais cancelará.

Se tu vais agora, anoitecerá
Se tu vais embora, Senhor, o que será?
Se tu vais agora, anoitecerá;
Mas se permaneces, a noite não virá.

Como o mar se espraia, infinitamente,
O vento soprará e abrirá os caminhos escondidos.
Tantos corações hão de ver uma nova luz clara,
Como uma chama que, onde passa, queima.
O Teu amor todo mundo invadirá.

Se tu vais agora, anoitecerá…

A humanidade luta, sofre e espera.
È terra seca e no céu não há nuvens,
Mas a vida não lhe faltará;
E a esperança brilhará para sempre.
Contigo unidos, oh! Fonte de água viva,
Tua presença o deserto acabará.

Se tu vais agora, anoitecerá…



4 – FORÇA DA CANÇÃO

Undarundê undaradaiá
Undarundê undaradaiá (bis)

Canto, eu canto e a alegria é maior
Que a tristeza no coração.
Eu canto, eu canto, e o segredo é o amor,
Que é a força dessa canção.

O amor se dobra pra não romper;
É dar e receber
E todo dia renascer no amor,
Que é fonte de liberdade,
Pedra da unidade,
Resposta pra solidão.

Canto, eu canto e a alegria é maior…

Mesmo se o fogo quer se apagar,
A hora é de lutar.
E em cada rosto descobrir que o amor
É vida pra se espalhar.
Rio que busca o mar, numa invasão de amor.



5 – ESPERANÇA DE PAZ

Bate um coração ao teu redor.
É da tua cidade o palpitar
Como um canto triste e sem calor,
Esperando a aurora despontar.

Vai, semeia a paz e então verás
Tua esperança renascer.
Com o teu suor e o teu sofrer,
Este mundo novo nascerá. (BIS)

Sim, nascerá a paz em toda a terra.
De guerra não se falará jamais.
Somente a paz garante sempre a plena vida.
O sonho vai se realizar!

Semina la pace e tu vedrai
Che la tua speranza rivivrá
Spine tra le mani piangerai,
Ma un mondo novo nascerà.

Vai, semeia a paz e então verás…

Open wide the vision of your world,
Feel the love that reigns in everything.
Now is your chance to start again!
Breathe in hopes of peace of light of live.

Vai, semeia a paz e então verás…

Abre el horizonte entorno a ti,
Siente El latido Del amor.
Ahora es el momento de empezar,
Uma senda de paz de luz y de amor.

Vai, semeia a paz e então verás
Tua esperança renascer.
Com o teu suor e o teu sofrer,
Este mundo novo nascerá. (BIS)

O mundo novo nascerá.



6 – QUANDO ENTRE NÓS ESTÁS

Quando entre nós estás
Tudo em torno se transforma
Mesmo se o inverno vem,
Resplandece sempre o Sol

Tudo parece ouro
A névoa se dilui
E como no Tabor
Tudo se transfigura

Quando entre nós estás
Tudo é sabedoria
Nos transfigura em ti
Novos todos nos sentimos

Como discípulos
Plenos de paraíso
Celeste música
E ficar nós queremos

Sempre contigo, e em ti entre nós



7 – VIVER A VIDA

Viva esta vida com as dores e alegrias, cada dia.
É isto que Deus quer de você.
Viva esta vida mergulhado no amor, é o seu destino.
É isto que Deus quer de você.

Junto com os outros, em caminho para Deus,
Corra sempre unido aos irmãos.
E descobrirá, então, o céu em você;
Luminoso rastro deixará!

Viva esta vida na aventura do amor, da unidade.
É isto que Deus quer de você.
Viva esta vida construindo, cada dia, o paraíso.
É isto que Deus quer de você

Viva pra gerar no mundo a unidade, a paz,
Porque Deus está nos seus irmãos.
E descobrirá, então, o céu em você;
Luminoso rastro deixará!
Luminoso rastro deixará!

Viva esta vida na aventura…



8 – VIDA DE HERÓI

De manhã visto a roupa de passista.
Não importa quem me assista,
Sou mais um equilibrista do fantástico da vida.
Mas o amor se faz presente,
Vou alegre pro batente, ser mais um sobrevivente.

Quando saio, me desejo boa sorte,
Pois bem sabe, quem padece,
O valor que o amor contém.

Porém, na virada da moenda,
Vou perdendo a paciência,
Lá se vai a minha ciência;
Eu mais um homem sem cara.

Lembro de ser o sal da terra,
Sei que lá é que se encerra
A função de um sofredor.

Quando volto,
sou herói desconhecido
Com a alegria de ter sido
Do amor embaixador.

É de manhã, é de manhã…



9 – E A TERRA SERÁ

É como um por de Sol
Um milênio já se vai,
E a esperança fez sorrir a vida.
E um novo milênio virá
E verá reflorir toda a terra.
O amor que existe entre nós crescerá.

Queremos que seja, e a Terra será
Um grande jardim, que
Já não terá Norte e Sul
E veremos brotar uma só humanidade.

Queremos que seja, e a Terra será
Um grande jardim, que
Florescerá e será como Deus o criou:
A sua casa entre os homens.

Teremos um novo mundo,
Germinando em nossas mãos.
É construído com a nossa vida.
E o dia de luz já chegou
Como rede que envolve a Terra.
A viva unidade entre nós crescerá.

Queremos que seja, e a Terra será… (2x)



10 – VENHO A TI

Venho a ti
E sei que não estou mais sozinho.
Muitas vozes se elevam para o céu.
Venho a ti
Com aqueles irmãos verdadeiros
Que comigo, dão a ti seus corações.

E Tu, que és o Amor,
Escuta cada prece de dor, de amor.
E Tu, que és a paz,
Dá-nos a esperança em cada momento, Senhor,
E abre o Paraíso a nós. (Bis)



11 – ALELUIA

Aleluia, aleluia, (Bis)
Exultemos no Senhor!

Exultemos em Cristo Salvador:
Vive na sua Igreja,
Leva os homens para a paz.

Exultemos em Cristo Salvador:
Nele renascerá
Todo homem desta terra.



12 – O TESOURO

Tu me deste um tesouro
Brilha mais do que o Sol
Não, ninguém mais o levará,
Porque está dentro de mim.

Nada era o que eu tinha,
Como um nada passou.
Tudo, tudo deixei, porque
Não me falava de ti.

Tu és meu grande tesouro,
Tu que me deste o amor.
Vivo e sempre reencontro
No amor a alegria, de me libertar.

Já, em ti me perdi,
Minha vida te dei.
Mas eu seu que a encontrarei
Lá onde está o meu tesouro.

Tu és meu grande tesouro…

Já, em ti me perdi…



13 – A CARIDADE

Se eu falasse todas as línguas da terra,
Mas o amor não tivesse, seria um bronze que ecoa,
Um címbalo que soa.
E se tivesse a profecia, conhecesse todas as ciências,
Possuísse a fé que transportasse montanhas,
Mas o amor não tivesse,

Seria um nada,
Porque o homem nada vale
Se não ama.

Distribuísse entre muitos os meus bens
E o meu corpo desse para as chamas,
Mas se o amor não tivesse, nada seria.

Passarão as profecias, e também todas as línguas.
A ciência um dia acabará, mas o amor nunca passará,
Porque tudo crê e tudo espera, tudo cobre, tudo sofre,
O próprio bem não procura, mas vibra só com a verdade.



14 – SALVE RAINHA

Salve, Rainha, Mãe de misericórdia,
Vida, doçura esperança nossa,
Salve, salve, Rainha!

A ti procuramos, filhos degredados de Eva.
A ti suspiramos, chorando neste vale de lágrimas.
Tu, que és nossa mãe, volve a nós teu olhar.
Mostra depois deste exílio
O fruto do teu ventre, Jesus.

Salve, Rainha, Mãe de misericórdia,
Ó clemente, ó pia, ó doce virgem Maria.
Salve, Rainha!
Salve, Rainha,
Salve, salve!



15 – Vale bem mais
(Gen Rosso)

Um raio de sol iluminou a nossa vida
E revelou o mistério que vive lá
Onde entre irmão existe o amor
E liga a terra ao céu, porque

Se nos amamos, Deus está entre nós
E isso vale, isto vale mais,
Isto vale mais que um tesouro
Que o nosso coração almeja.

Vale bem mais que a mãe e o pai,
Que a nossa casa.
Vale mais que o trabalho
Dessas nossas mãos.
Vale mais que as obras
Da humanidade.
Vale bem mais, vale bem mais.

Deus entre nós
Vale mais que a nossa vida.
Deus entre nós vale mais,
Vale mais que o coração
É fogo que se lastra,
É vento que arrasta, é imensa alegria.
É paz que não nos abandona mais.

Se nos amamos, Deus está entre nós
E isso vale, isto vale mais,
Isto vale mais que um tesouro
Que o nosso coração almeja.

Vale bem mais que os amigos, os filhos.
Que nossas riquezas.
Vale mais que os afetos,
Vale mais que o tempo.
Vale mais que a vontade,
Mais que o pensamento
Vale bem mais, vale bem mais.

Deus entre nós
Vale mais que a nossa vida.
Deus entre nós vale mais,
Vale mais que o coração
É fogo que se lastra,
É vento que arrasta, é imensa alegria.
É paz que não nos abandona mais.



16 – CENTRO DO PRESENTE

uo uo uo
nao deixe o tempo passar
este é o nosso momento
hei hei hei
uo uo uo
nao deixe o tempo passar
este é o nosso momento
ele vai pra escola sem sabe porque
sua vida é um grande tédio
vive imaginando o amanhã
projetando os sonhos ideais
mas não tem
tempo pra ninguém
está viajando no futuro

uo uo uo

nao deixe o tempo passar
este é o nosso momento

hei hei hei

uo uo uo

nao deixe o tempo passar
este é o nosso momento
ela pensa só no que não fez
está viajando no pasado
tem no olhar um que de aridez
se pudesse mudaria tudo de si
mas as águas que passaram
não podem girar moinhos

solo teclado

uo uo uo
nao deixe o tempo passar
este é o nosso momento
hei hei hei
uo uo uo
nao deixe o tempo passar
este é o nosso momento

Aporém no centro do presente
se esconde aquilo que não passará
e se de amor você o preenche
encontra Deus na sua vida

solo piano

solo guitarra

solo teclado

uo uo uo (uo uo uooo)
nao deixe o tempo passar (nao deixe o tempo passar)
este é o nosso momento (é nosso momento)
hei hei hei
uo uo uo (uo uo uooo)
nao deixe o tempo passar (nao deixe o tempo passar)
este é o nosso momento (é nosso momento)
hei hei hei
uo uo uo (uo uo uooo)
nao deixe o tempo passar (nao deixe o tempo passar)
este é o nosso momento (é nosso momento)
hei hei hei



17 – SIMPLESMENTE AMAR

Se você quer encontrar poesia na vida
E a dor transformar em melodia
A noite com um sorriso será dia
(Amar) Amar é se doar
(Amar) Amar é se doar sem medida

Se você quer voar além do infinito
Do alto tudo é mais bonito
Se você quer mergulhar no mais profundo
(Basta mar) Amar é se lançar
(Basta mar) Amar é se lançar sem pensar

Acreditar no sonho que hoje se faz
E nessa estrada estamos nós
É ver que cada dia é uma flor que se abre
E traz a vida entre nós

E assim será primavera na alma
De uma canção a harmonia
Amar nos faz ser tudo e, ao mesmo tempo, nada
(Amar) Amar é simplesmente
(Amar) Amar é simplesmente amar

Acreditar no sonho que hoje se faz
E nessa estrada estamos nós
É ver que cada dia é uma flor que se abre
E traz a vida entre nós

E assim será primavera na alma
De uma canção a harmonia
Amar nos faz ser tudo e, ao mesmo tempo, nada
(Amar) Amar é simplesmente
(Amar) Amar é simplesmente amar

Acreditar no sonho que hoje se faz
E nessa estrada estamos nós
É ver que cada dia é uma flor que se abre
E traz a vida entre nós
(BIS)



18 – FOGO VIVO

Como fogo vivo se acende em nós
Uma imensa felicidade,
Que ninguém jamais poderá tirar,
Porque estás entre nós.
Como é bom sentir que estás aqui,
Lado a lado a nos acompanhar,
Que venceste a morte pra sempre, que
Tu nos doaste a vida.

Tu partilhas conosco o pão,
Nossos olhos se abrem,
Vêem. Vibra o coração.
És tu! Fica entre nós.

Como fogo vivo se acende em nós…

E pra sempre repetirás
Esse gesto de amor.
Mãos que se abrem pra nós doar
O pão que faz viver.

Como fogo vivo se acende em nós…



19 – MARIA, QUEREMOS AMAR-TE

Maria, Maria,
Maria, Maria.

Somos filhos teus, queremos amar-te
Como ninguém jamais te amou.
Somos filhos teus, queremos amar-te
Como ninguém jamais te amou.

Contigo, na tua estrada,
O nosso caminho é seguro.
Contigo os passos conduzem para a meta.
E mesmo se chega a noite,
Tu estás junto a nós,
Transformas todo temor em certeza.
Ave Maria!

Maria…

Queremos ser sobre a terra
O manto do teu amor,
Que faz da humanidade uma família.
A tua presença no mundo
Retorne por meio de nós,
Como um canto de paz infinita.
Ave Maria!

Maria…



20 – SINAIS DO TEU AMOR

Com mil grãos de ouro
Brilham as espigas.
Seu perfume enche o ar de alegria.
Esmagados, trabalhados,
Formarão o pão.
Eis teu dom, Senhor, o pão de cada dia.

Pão e vinho são sinais do teu amor.
Eis a nossa oferta,
É tua, ó Senhor.
De mil corações
Farás nascer um povo só,
Um corpo só em ti.
Teu filho viverá aqui,
Pra sempre entre nós.

Sob o sol mil cachos brilham
Já maduros.
Tempo da colheita,
Festa em toda terra.
E da tenra uva escorre vinho novo.
Eis teu dom, Senhor, o vinho da alegria.

Pão e vinho são sinais do teu amor…



21 – META CERTA

Te encontrar no coração é o meu desejo,
Ao teu lado caminhar, contigo estar.
Único farol e luz do meu caminho,
Única razão és Tu; único sustento, Tu.
Só Tu estás no centro do meu coração.

Mesmo a Terra gira sempre sem sossego,
Mas existe um rumo certo, a meta és Tu.
És a meta certa, a direção segura,
És a meta certa, Tu; és o meu cominho, Tu.
Só Tu estás no centro do meu coração.

Tudo gira ao teu redor, tudo fala de ti.
E não importa o “como”, o “quando”, o “porquê”.

Sempre no meu coração és Tu o centro,
Que a tudo dá sentido, rumo e luz.
Tudo o que eu fizer será amor somente.
Único sustento, Tu; és a meta certa, Tu.
Só Tu estás no centro do meu coração.

Tudo gira ao teu redor…

Te encontrar no coração é o meu desejo…



22 – MARIA

Maria, Maria, Maria, Maria

Somos filhos teus queremos amar-te
Como ninguém jamais te amou

Contigo a tua estrada
O nosso caminho e segura
Contigo os passos conduzem para a meta
E mesmo se chega a note
Tu esta junto a nos
Transforma todo o temor em certeza
Ave Maria

Maria, Maria, Maria, Maria

Somos filhos teus queremos amar-te
Como ninguém jamais te amou

Queremos se sobre a terra o
O manto do teu amor
Que faz da humanidade uma família
A tua presença no mundo
Retorne por meio de nos
Com um canto de paz infinita
Ave maria

Maria, Maria, Maria, Maria

Somos filhos teus queremos amar-te
Como ninguém jamais te amou



23 – EFEITOS DA PALAVRA

A palavra vem de Deus
Que é amor
Infunde a verdade
Em todos nós
Transforma a dor em amor
Nos dá sabedoria
Certeza, alegria faz viver
Muda nossa mentalidade,
Nosso ser

A palavra tudo pode
Nos liberta
Gera a comunidade
Nos dá paz
Realiza tudo o que diz
Educa e converte
O rumo da história mudará
Pois é o próprio Deus
Que nos chama
A viver



24 – RAZÃO DO NOSSO VIVER

A palavra, a palavra,
Razão do nosso viver
Revoluciona, transforma o mundo
E todo o nosso ser.

É uma fonte de amor
Que plenifica os homens,
Que faz de todos um único povo,
Uma família, rumo a uma nova história
Que construímos aqui

A palavra…

Nos torna livres, nos dá a paz
Nessa tão linda aventura.
E um mundo novo começa a nascer
Começa a mudar o rumo da nossa história
Que construímos aqui.

A palavra…

E todo o nosso ser.



25 – VEM, Ó SANTO ESPÍRITO

Vem, ó Santo Espírito
Mando do céu a todos nós
Um raio da tua luz, um raio de luz

Vem ó Pai do pobres,
Vem, doador de tantos dons,
Luz de cada coração, dos corações.

Consolador perfeito,
Hóspede doce da alma,
Suave alegria, suave alegria.

Na fadiga, repouso;
No calor, restauro;
Em todo pranto, conforto,
Em todo pranto, conforto.

Vem ó Santo Espírito…

Luz beatíssima,
Invade os nossos corações.
Sem a tua força, nada,
Nada existe no homem.

Lava o que é impuro,
Aquece o que é frio,
Eleva o decaído,
Eleva o decaído.

Vem ó Santo Espírito…

Doa a todos os teus fiéis,
Que confiam sempre em ti,
Os teus santos dons, os teus santos dons.

Doa virtude e prêmio,
Doa morte santa,
Doa alegria eterna,
Doa alegria eterna.

Vem ó Santo Espírito…

Vem ó Pai do pobres…



26 – A META

Ave, Mariápolis
Tu és a meta do meu caminhar!
Amo tudo que é teu,
Com aquele amor descido do céu.
Contigo sempre espero viver.

Que bom seria, pois nada neste mundo
Convida-me a amar tal como tu!
E, num encanto, no coração eu sinto,
Alguém que me convida a te serguir.

Ave, fonte de amor,
Sonho mais lindo de a gente sonhar!
Vivo pensando que
Contigo um dia no céu hei de estar.
Aqui na Terra, com todo ardor,

Hei de gritar: façamos deste mundo
Uma grande família, um só amor!
Corramos logo, façamos todos juntos
A única Mariápolis que ficará.

Lá, lá, laia
Corramos logo…



27 – EM DIREÇÃO AO SOL

Nossa pátria agora é um mundo
Mundo unido está em nossas mãos
Tudo aqui se tornará possível
È uma nova maneira de viver.
Cada um de nós protagonistas
Uma outra história fará.

Liberdade é conquistar
O caminho em direção ao sol
Este é o grande desafio
Não temos barreiras para amar.(2X)

A cultura nova está surgindo
Onde o ter não vai mais importar
Onde o equilíbrio está no dar
Homens novos nós seremos já.
Cada um de nós protagonistas
Uma outra história fará.

Liberdade é conquistar…( BIS)



28 – NOVO RUMO

Tá na hora de acordar
Novo rumo vamos tomar
Com a nova bandeira.
Tá na hora de comunhão
Liberdade de repartir
E não ter fronteiras.

Acertar o passo coma história
Na comunhão do que temos
Mudar a realidade.
E o mundo inteiro um dia
Na festa da alegria se chamará
Unidade.



29 – GERAÇÃO NOVA

A geração que acredita
Num mundo novo onde todos
querem a paz
Não vai deixar que a preguiça
Vença a coragem de lutar
E vai lutar sempre mais. ( 2X)

Não vai deixar que alguns homens
Façam a guerra sem saber
quem vai sofrer
Matando vidas inocentes

Vão ter que parar. (3X)
Vão ter que parar pra viver
iê, iê, iê. (BIS)
Vão ter que parar pra viver(2X)

A geração que acredita…

Não vai deixar que quem tem fome
De amor e paz, e de justiça
no coração
Sejam enganados por pessoas

Vão ter parar…



30 – É GRANDE

É grande, é grande
Nosso ideal é assim.
Sem medo, sem rumo
O mundo unido está aqui. (2X)

Todo dia quando ligo a TV
Vejo imagens negras de um mundo que
Cada vez mais vai em contramão.
Há quem queira os outros escravizar
Há quem finja e o mundo queira enganar
Parece até que tudo seja assim
Mas não é, não é mesmo.
Silenciosamente ao sol
Vai nascendo um novo mundo
E vive aqui entre nós, o vemos já.

É grande, é grande…

Parece que foi ontem que começou
A corrida que o mundo lançou
Uma idéia, quase utopia. ( o vemos já)
Tantas mãos de heróis abriram caminhos
Numa terra hostil e cheia de espinhos
São o sim daquela utopia
É assim, é verdade.
Silenciosamente ao sol
Vai nascendo um novo mundo
E vive aqui entre nós, o vemos já.

É grande, é grande…



31 – UM RIO DE FELICIDADE

Um rio de felicidade
Pra construir um mundo que
Viva uma nova cultura de paz.

Há um deserto que vive ao meu redor,
Rostos tristes e uma solidão sem fim,
É só desilusão.
Abro os olhos e então percebo que
A resposta que a humanidade quer achar
Já vive entre nós.

Um rio de felicidade
Que se espalhou até aqui
Amor que invade já a cidade.
Um rio de felicidade
Pra construir um mundo que
Viva uma nova cultura de paz.

Mundo novo que unidade atrai.
Abre as portas pra quando o 2000 chegar
E avança sem parar.

Gente viva que ama sempre mais
Abre o tempo da nova civilização
Em meio aos homens.

Um rio de felicidade…

É uma corrente de unidade
Que muda esta humanidade,
Pela presença de Deus entre nós,
De Deus entre nós.

Um rio de felicidade…



32 – MOSAICO

Nesta noite o céu tem algo de mágico
Milhares de estrelas em um quadro
fantástico
Às vezes nós vivemos em um quadro
desértico
Diga-me tu, o vês ou não
Se como no céu, vivêssemos nós
Diga-me tu, o vês, o vês, o vês ou não.

Somos como folhas coloridas de
uma árvore,
Que dançam ao ritmo do vento livre
Às vezes somos como aquelas folhas
que caem ao chão.

Diga-me tu…

Se olhas lá em cima vês um grande mosaico
E seu desenho é uma mensagem PRO-FÉ-TI-CA
É a história de todos aqueles que amam e ES-PE-RAM.

Diga-me tu… (BIS)



33 – GERAÇÃO 2000

Escutamos uma grande explosão
Deu-se início a nova revolução
Somos palco de uma nova história
Somos jovens do ano 2000

Comecemos já a nova revolução
O mundo mudará, o amor reinará
O mundo da unidade já é realidade aqui
Essa é a geração do 2000.

Todos juntos nesta nova canção
Construiremos uma só comunhão
Mudaremos campos de batalhas
Onde todos viverão como irmãos.

Comecemos já…

Destruindo todas as barreiras
Mundo unido não terá fronteiras
E o novo sol que brilha agora
Força jovem cantando vitória.



34 – TRENTO 1943

Trento mil novecentos quarenta e três, guerra tudo desmorona ao seu redor, percebes que na vida tudo passa, daquilo que existia nada mais há.

De repente a nova descoberta de Deus, Chiara O escolhe como o seu Ideal, Natália, Giosi, Dori a Chiara seguiram e em alta voz gritaram ao mundo inteiro:

Que Deus é Amor e este sol brilhará, também amanhã
E acreditamos que Ele nos ama e a seguí-lo Ele nos chamou (bis)

Hoje aquela guerra talvez não mais exista, mas no mundo muitos ainda vivem por si, a indiferença mata a todos nós, em grandes máquinas nos escravizou

Também hoje como ontem tudo passa, discoteca, carro, moda, não satisfaz. Alguém nos chama e Chiara diz aos Gen 3: “Em alta voz gritemos ao mundo inteiro: Que Deus é Amor……”



35 – CANTAR TEU AMOR

É belo louvar o teu nome
É belo cantar teu louvor
É belo cantar o teu nome
É belo pra sempre louvar-te
É belo cantar teu amor (BIS)

Tu que és amor infinito,
Dom imenso, que o céu não conteve,
Entraste na história,
Tu, Homem-Deus,
Assim, vieste entre nós morar.
E agora,

É belo louvar…

Tu que sondas o firmamento
E conheces cada estrela por nome,
De muitas veredas
Nos reuniste aqui,
Chamando-nos de filhos teus.
E agora,

É belo louvar…



36 – ALELUIA I

Aleluia, aleluia,
Ale-luia, aleluia.
Exultemos no Senhor!

Exultemos em Cristo Salvador:
Vive na tua Igreja,
Leva os homens para a paz.

Aleluia…

Exultemos em Cristo Salvador:
Nele renascerá
Todo homem desta Terra.

Aleluia…



37 – ABENÇOA

Noite e dia, longas madrugadas
E a semente espera.
E o milagre antigo e sempre novo
Fecunda toda a terra.
Do grão morto e pisado, a vida nascerá:
Na mesa, eis o pão.

Abençoa, oh! Senhor,
Nossa oferta, dá-nos tua paz
E a unidade no teu corpo,
Que se consuma também por nós.

Nossas vinhas, com o sol aberto,
Já estão florindo.
E o orvalho, no silêncio toca, os primeiros frutos.
E as cores são mais vivas,
Acendem os grãos maduros:
Na mesa, eis vinho.

Abençoa, oh! Senhor,
Nossa oferta, dá-nos tua paz
E a unidade no teu sangue,
Que se consuma também por nós. (BIS)



38 – PÃO DO CÉU

O pão do céu és Tu Jesus,
Via de amor, nos transformas em ti. (BIS)

Não, Tu não deixaste fria a terra:
Tu permaneceste entre nós, nos alimenta de ti.
És o pão da vida, inflamas com o teu amor
Toda a humanidade.

O pão do céu és Tu Jesus,
Via de amor, nos transformas em ti.

Sim, trouxeste céu sobre esta terra:
Tu permaneceste entre nós e nos levas contigo
A tu a casa, onde estaremos junto a ti
Toda a eternidade.

O pão do céu és Tu Jesus,
Via de amor, nos transformas em ti.

Não, a morte não pode nos causar medo:
Tu permaneceste entre nós. E quem vive de ti
Vive para sempre. Deus entre nós, Deus para nós,
Deus em meio a nós.

O pão do céu és Tu Jesus,
Via de amor, nos transformas em ti. (BIS)



39 – É TÃO LINDA A VIDA

Vejo rostos diferentes
Dessa gente ao meu lado.
Quanta vida, quanta sede de felicidade!
Quantos sonhos já vividos,
Mundos tão desconhecidos,
Universos cheios de esplendor!

É tão linda a vida
Na unidade, na harmonia!
É tão linda a vida!

Em meu coração acolho
A esperança e a dor,
O silêncio e o canto
Dessa gente ao meu redor.
Em seu pranto, em seu sorriso,
O meu pranto, o meu sorriso;
Quem está ao meu lado é igual a mim.

É tão linda a vida…

Entre casas e arranha-céus,
Entre antenas lá no alto,
Assim tão azul o céu eu antes nunca vi.
E as luzes ganham vida,
Colorindo até o asfalto,
Já que somos todos uma só voz

É tão linda a vida…



40 – NOVA CIVILIZAÇÃO

Uma terra que não tem mais fronteiras.
Mãos que unidas no mundo formarão
Uma corrente mais forte
Que a guerra e que a morte.
Nós sabemos, o caminho é o amor.

Uma pátria mais justa e mais fraterna
Onde juntos construímos a unidade,
E ninguém é desprezado
Porque todos são chamados.
Nós sabemos: o caminho é o amor.
Nós sabemos: o caminho é o amor.

Um novo sol se levanta,
Pois nasce hoje a civilização do amanhã.
Uma corrente mais forte
Que o ódio e que a morte.
Nós sabemos: o caminho é o amor.

A justiça, novo nome para a paz;
O amor leva sempre a perdoar;
A verdade, a força que nos dá a liberdade.
Nós sabemos: o caminho é o amor.

Um novo sol…

E quem ama irradia com a vida,
Sabe ver o amor além da dor.
Pois o homem se sente
Solidário com o mundo.
Nós sabemos: o caminho é o amor.

Um novo sol…

Meu irmão é você que está ao meu lado
Todos filhos de Deus que nos criou.
Ele veio a esta terra
Para unir a humanidade.
Nós sabemos: o caminho é o amor.

Um novo sol…



41 – CANTAR TEU AMOR

É belo louvar o teu nome
É belo cantar teu louvor
É belo cantar o teu nome
É belo pra sempre louvar-te
É belo cantar teu amor (BIS)

Tu que és amor infinito,
Dom imenso, que o céu não conteve,
Entraste na história,
Tu, Homem-Deus,
Assim, vieste entre nós morar.
E agora,

É belo louvar…

Tu que sondas o firmamento
E conheces cada estrela por nome,
De muitas veredas
Nos reuniste aqui,
Chamando-nos de filhos teus.
E agora,

É belo louvar…



42 – NOVA HUMANIDADE

“Onde iremos parar se continuar assim?”
É só o que se ouve todo mundo falar.
Existe a violência, escândalo e tanto mal.
Onde é que estão os grandes ideais?

É certo, o mundo hoje vive um tempo escuro;
Exalta-se o erro e a notícia crua e dura;
Sucesso e dinheiro se conquista a qualquer preço.
Porém, eu lhes garanto, não existe só esta
humanidade.

Conheço outra humanidade,
Aquela que encontro sempre pelas ruas,
Aquela que não grita, aquela que não explora
Sua gente pra tirar proveito.
Conheço outra humanidade,
Aquela que não sabe roubar pra ter,
Mas que se contenta em ganhar o pão
com o seu suor.

Creio, creio nesta humanidade.
Creio, creio nesta humanidade.
Que vive no silêncio, ainda é humilde,
Ainda se desculpa e se faz criança.
Esta é a humanidade que me dá esperança.

Conheço outra humanidade,
Aquela que hoje vai contra corrente,
Aquela que quer dar também a sua vida
Pra morrer pela própria gente.

Conheço outra humanidade,
Aquela que não busca seu lugar ao sol,
Pois sabe que no mundo, por miséria e fome,
Muita gente morre.

Creio, creio nesta humanidade.
Creio, creio nesta humanidade.
Que abate as fronteiras, (Bis)
Que arrisca a própria vida
E não usa armas; sabe usar o seu coração.
Esta é a humanidade que crê no amor. (1ª vez)
Esta é a humanidade que crê no amor. (2ª vez)
Esta é a humanidade que crê no amor.



43 – A ESCOLHA

Você pode ver que o mundo dá voltas
E dizer também “E daí”
Você pode viver preso às suas noias
ou se abrir

Você pode andar dentro das suas voltas
E não ver nada além do seu nariz
Você pode trancar todas as suas portas ou sair.
Se deixar levar n’outra direção.
Vale a pena, a escolha está em suas mãos.

Você pode correr, você pode pular,
Abrir as suas portas.
Você pode escolher, você pode andar,
Além das suas voltas.
Você pode amar, você pode sorrir,
Sair das suas noias.
Você pode sonhar e pode construir
O Mundo Unido aqui.



44 – VIA LÁCTEA

Brilha via Láctea enquanto o sol se apaga
E no coração uma certeza nova
Continua viva a revolução de amor

Chegam ecos de todas as latitudes
Aderindo ao grito de unamo-nos
Vai na frente uma bandeira todos sejam um

Sem desistir da corrida
O nosso estandarte caminha
Vai decidindo
Transforma dor em amor
Desafia o segredo da vida
Luta e conquista,
Pois um Deus morreu por nós

Undaré, unda, unda, undarê (bis)

Desenhando um arco-íris sobre a terra
Transpassando um prisma
Produzindo cor
Penetrando na vida refletindo luz
Vida na tua vida
O futuro somo nós.



45 – E UMA ESTRADA SE ABRE

Raio que passa nas nuvens,
Se vê céu aberto.
Água que cai decidida, escavando por si
Caminho para a vida.
A trajetória de um vôo que,
No horizonte da tarde…
Tudo nesta natureza tem estrada pra si.
Momento que segue momento
E um salto no tempo.
Para a unidade o mundo já se encaminha,
E não é só mais tarde.
Vamos então começar.
Busquemos dentro de nós:
Somente vivendo o amor, o mundo verá

Que uma estrada se abre, passo após passo.
Agora, por esta estrada, nós.
E aparece um céu, um mundo que renasce.
Viver, sim, aqui,
Para a unidade.

E uma estrada se abre,…

Barco que segue uma rota no meio das ondas,
Homem que abre caminho numa selva de idéias,
Seguindo sempre o Sol.
E quando a sede chegar
Tenta encontrar uma fonte…
Areia que em movimento retorna ao mar.
Vamos então começar.
Busquemos dentro de nós:
Somente vivendo o amor o mundo verá

Que uma estrada se abre,…

E uma estrada se abre,…



46 – PALAVRAS VIVAS

Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia

Palavras vivas, queremos ser
E com o teu amor
Transformar o chão
E acender o paraíso na terra



47 – VEM E SEGUE-ME

Deixa que o mundo siga pela sua estrada.
Deixa que o homem retorne à sua casa.
Deixa que os outros conservem a sua riqueza.
Mas tu, vem! Vem e segue-me.
Tu, vem e segue-me.

Deixa que o barco abra as velas ao vento.
Deixa que encontre afeto quem segue o coração.
Deixa que da arvore caiam os frutos maduros.
Mas tu, vem! Vem e segue-me.
Tu, vem e segue-me.

E serás luz para os homens,
E serás como sal da terra.
E no mundo deserto abrirás
Uma nova estrada.

E por essa estrada vai, vai
E não te voltes para trás
E não te voltes para trás



48 – DEUS É AMOR

Deus é pai de todos nós!
Irmãos, amemos somente a Ele.
Ele só que é, pra nós,
Mais que tudo, mais que o Sol, mais que uma flor.
Sim, porque Ele, Deus é amor!

Sim, cada um Deus ama imensamente!
E nós, então, vivamos por este grande amor
Que nos faz um com Ele e por Ele. Deus é amor!
Sim, porque Ele, Deus é amor!

Irmãos, sempre unidos, só nele acreditemos,
Mantendo o amor, vivendo do amor
Dele só que é, pra nós, mais que tudo:
Mais que o Sol, mais que uma flor.
Sim, porque Ele, Deus é amor!

Deus é amor, é liberdade;
Deus é amor, é a verdade;
Deus é amor, é unidade!
Sim, viveremos este ideal!
Não deixaremos este ideal jamais!



49 – EIS QUE AGORA DENTRO EM MIM

Eis que agora dentro em mim
Tudo já se transformou.
o tesouro escondido
A minh’alma encontrou.
Como oásis no deserto,
Como a luz na escuridão,
Assim foi com o Ideal
Quando entrou no coração.

Somente amar,
Não mais pensar
Naquilo que o tempo já levou.
Lançar-se então
Só no amor,

Que dá sem nada esperar
Caminhando pelo mundo,
Alegria levarei.
E no irmão que encontrar
O amor só deixarei.

Somente amar …

Agora em mim
Tudo mudou
Só o tesouro
Já encontrou
E como a luz
Na escuridão
Com o Ideal
No coração

Não mais pensar
Somente amar
Que o tempo já levou
Só no amor
Lançar-se então

Que dá sem esperar
Eu levarei
Só alegria
Que encontrar
Só deixarei



50 – IMPOSSÍVEL

Olho em tudo e sempre encontro a ti.
Estás no céu, na terra, onde for.
Em tudo que me acontece encontro o teu amor.
Já não se pode mais deixar de crer no teu amor.

É impossível não crer em ti,
É impossível não te encontrar,
É impossível não fazer de ti meu ideal. (bis)



51 – IDEAL QUE HISTORIA SE FAZ

Vejo mudar muitas coisas ao meu redor,
Barreiras, muros, trincheiras desmoronando.
Vejo gente que vive a vida.
Ergo os olhos, e vejo, céu claro.

Um novo tempo surge e vemos sinais,
É um sol mais forte que começa a brilhar.
Já resplandece o mundo unido entre nós,
É um ideal que a nova historia fará,
Ideal que historia se faz.

O sonho, aos poucos, se torna relaidade:
De uma grande família, a humanidade
E o amor entre nós o fará
Invadindo o mundo inteiro.

Um novo tempo surge e vemos sinais…



52 – AMÉRICA, AMÉRICA

América, América,
Continente assistido pela solidão.
Para onde caminham teus filhos, América?
Há um grito no ar pra ancorar tua paixão.

América, América,
De hermanos sofridos sob o mesmo brasão.
Onde estão teus heróis? A manhã já clareia.
Há um cheiro no ar de uma nova canção.

O chão que bebe o teu sangue
É mais do chão, ele é céu.
O corpo que sofre as desditas
É mais do que teu, é de Deus.

América, América,
Tuas terras sangradas mancharam teus rios.
Numa só comunhão, ainda que tarde,
Tuas vozes se unem num só cantochão.

América, América, América.



53 – VIVER PARA AMAR

Quisera poder te explicar
Que a vida é tão bela
Pra quem sabe amar.

Pois comigo aconteceu,
E senti de repente que tudo nasceu.

Agora que tudo mudou,
Descobri na minha vida
O sentido do amor.
Agora que tudo mudou,
Descobri na minha vida
O sentido do amor.

Lá, laia, lá

Pois comigo aconteceu,
E senti de repente que tudo nasceu.

Quisera poder te doar
Esta vida também,
Que é viver para amar.
Quisera poder te doar
Esta vida também,
Que é viver para amar.



54 – PEDRAS DO CAMINHO

Hoje alguém falou de ti
Com palavras tão lindas que eu redescobri:
No teu silencio profundo
Eu quis fugir do mundo, pra me encontrar em ti.

A minh’alma almejava
Desejos infinitos, com sede de amor.
E assim eu fui vagando,
Na firme esperança de um dia te encontrar.
De te encontrar, de te encontrar.

Ô, ô…

Mas as pedras do caminho
Faziam-me parar, mesmo seu eu te amava.
E teu vento, dentro em mim,
Soprava na minh’alma que eu devia andar.
Devia andar, devia andar.

Ô, ô…



55 – PRISMA

Homens fortes marcados pela dor,
Banhados de suor, de calejadas mãos.
E destas mãos, a trama de uma rede,
E teceram em ouro a história.

Esta historia, que é forja incandescente
De sonhos, de esperanças, de sede de infinito.
Do infinito, a terra antiga e nova,
O fruto desta terra, o sonho que hoje é vida:
A nova humanidade.

Cata à vida, humanidade!
Canta a vida que terás,
Luz que sempre viveu em ti
A luz que não morrerá.

O céu coloriu a tua historia.

Esta historia…



56 – SURGE NOVA AURORA

Surge nova aurora, nasce novo dias.
Brilha outra luz, canta o coração.

E a estrada que era longa,
até parece breve:
Tu caminhas sempre mais,
Não te cansarás jamais.
Se te lanças na aventura de amar,
Somente amar,
Sempre mais aquela meta alcançarás.

Mesmo, se às vezes escuro se faz,
Anda para frente, jamais para trás.

E a estrada…

Olha, tu caminhas, mas só não estás.
Deus, que escolheste, te acompanhará;

É o amor que te acompanha,
Que vive dentro em ti,
Que a treva ilumina, que a dor tida elimina.
Sim, com Ele tu caminhas, e logo então verás, (bis)
Sempre mais aquela meta alcançarás.



57 – ALEGRIA DE VIVER

Quem conhece o amor
Sente a alegria de viver.
Não há tristeza nem fracasso
Que impeça o amor vencer.

Onde não há amor,
Coloque amor e encontrará.

Será mais livre,
Será mais puro,
Conhecerá o dom de Deus.
A vida será mais vida
E você bem mais você.

Onde não há amor,
Coloque amor e encontrará.

Lá, laia, laia…
Lá, laia, laia…



58 – O DESTINO DO COSMO

Mesmo se parecia sonho ou utopia,
O mundo unido não é fantasia.
O nosso sonho é real e não está distante.
Por mil estradas nós o construímos.

Há uma força que sempre atrai a todos nós:
Força de amor que avança
Derrubando as fronteiras.
E mostra a estrada de luz para a humanidade.

Este é o destino do cosmo:
Na unidade viver.
Este é o projeto do mundo
Que vive no coração da humanidade.

E sempre existe Alguém que segue junto a nós:
É Ele estrada aberta ao infinito.
Por esta nova estrada caminharemos nós
Pra civilização do amor.

Há uma força que sempre atrai a todos nós:
Força de amor que avança…

Este é o destino do cosmo… (bis)



59 – DESUS, ÉS O AMOR

A brisa leve e tão singela, o dia lindo, a noite bela,
Dizem que Tu és o Amor!
Um simples átomo, um estrela,
A tenra flor ou uma pérola,
Dizem que Tu és o amor!

Deus, é o Amor,
Tu amas com amor infinito
E nos dás a vida!

O canto de uma melodia, composto pela tua harmonia,
Nos faz sentir que és o Amor!
Uma esperança que desponta
No coração que te encontra,
Nos faz sentir que és o Amor!

Deus, é o Amor,
Tu amas com amor infinito
E nos dás a vida!

Mais que as nossas vaidades, Tu colhes as sinceridade
E à nossa esperança sempre estás!
Perdoas toda ingratidão, preenches nossa solidão
E à nossa esperança sempre estás!

Deus, é o Amor… (bis)



60 – POR UM MUNDO UNIDO

Por um mundo unido, nós vivemos,
Este mundo novo que sobre a Terra nascerá.
Lado a lado, o homem, descobrirá, a grandeza
Da sua humanidade.
Da sua humanidade.

Esta Terra necessita
De uma força maior do que nós:
Força divina, amor que o mundo não tem.
E acreditamos que, se nos amamos,
O Homem-Deus entre nós está.
E, com Ele, a unidade o mundo viverá.

Por um mundo unido…

De cada ponto desta Terra,
Somos todos convidados
A realizarmos juntos este grande ideal,
E assim lançar uma rede de amor
Que o mundo inteiro abraçará,
Até que o amanhã unidos nos encontrará.

Por um mundo unido…



61 – PEQUENAS ONDAS

Sobre a areia há uma marca
Que jamais se cancelará
Cada homem traz no peito
Um desejo não desfeito
Liberdade irromperá.

E nas praças tantas gentes
Sobretudo muitos jovens
Alguns gritam, alguns nem sentem
Que o futuro é já presente,
É uma nova humanidade!
O mundo unido desponta já.

Pequenas ondas de um mar
Lançam o mundo em uma nova aventura
Raios de um único sol
Aquece a terra, germina o amor
Semente de vida, unidade será
Coração vivo pulsará.

E da terra fecundada,
Paz é o fruto que florescerá
Nós sabemos a importância
É preciso esperança, a justiça surgirá
Além de todas as barreiras
Está soprando um vento livre
De uma nova juventude
Que cada vez mais sempre espera
Que o futuro existirá
Em todo mundo começará.

Pequenas ondas…

Somos pedras da história
Construindo cada passo
Temos a convicção
Que não é só emoção
É uma nova humanidade
O mundo unido: realidade!

Pequenas ondas…



62 – MEU IDEAL

Por que tantas dúvidas?
Nada nos pode dar algo que vale a pena
Algo porque lutar!
Sim, o que eu desejo é o amor, a ventura
De viver esta vida tão maravilhosa!

Sim, eu também como você sonhava coisas belas
Que sempre me deixavam tão vazio!
Porém, hoje eu tenho um ideal
Que me fez compreender
Que além de tudo vence o amor e a humildade.

Nossos corações, cheios de tantas coisas
Foram conquistados por Jesus.
E vendo essa revolução, vamos sempre avante
Queremos conseguir assim que todos sejam um.



63 – NÓS!

Nós olhando pro futuro
Nós encarando a história
Nós e o mundo que queremos
Nós o desafio aceitamos!

Quem não arriscaria a sua vida
Por um ideal infinito
Quem não se arrependeria
Pois este é o sonho do homem.
Nós olhando pro futuro
Nós encarando a história
Nós e o mundo que queremos
Nós o desafio aceitamos!

É a unidade a força
que mudará o curso dos séculos
É a unidade o sentido
de um rumo novo na história dos homens.



64 – SIM, O IDEAL É ESPLENDIDO
(Mariápolis das Dolomitas)

Sim, o ideal
É esplêndido,
É a coisa mais preciosa
Que possa existir.
É da cruz que vem a luz,
O amor que nos dá a paz
E traz o paraíso aos corações.

Sim, o ideal
É esplêndido,
Como o Sol
E mais que o Sol
Nos vem iluminar.
É a vida mais real
Que nos liga os corações.
Senho – or!
És o infinito Amor.



65 – VAMOS CANTAR
(Mariápolis das Dolomitas)

Vamos cantar
Bem longe a dor,
Reina o amor
Nos corações,
Todo rancor,
Já se desfaz;
Um novo albor,
Despontará
.
Como é doce ouvir
Que começa a surgir
Caridade maior
Na cidade em flor.
Triste humano langor,
De um mundo sem paz,
Que se muda em amor,
E a unidade fará.
.
E quando em meio ao mundo se voltar,
Nova cruzada havemos de lançar.
Forte ao céu um grito subirá,
A que o céu responder deverá…
.
Que seja um:
O puro amor:
Todo mortal
Se inflamará
Entre os irmãos
Está o Senhor,
Já brilha o Sol
Eterno amor
.
Teu supremo ideal;
O valor sem igual.
Que Ele veio salvar
Com o sofrer e o amar.
Há um só coração
Alegria e ardor.
No mariano candor,
Desta chama de amor.
.
Ó mundo tão insípido
De tédio e de rumores,
Por vias tortuosas
Buscando vãos amores.
Se um dia relembrares
A nossa vida aqui:
.
Dize-me, dize-me, dize-me
Que deixas de existir (bis)



66 – ARRASTANÇA
(Cântico Novo – Inaldo de Mello/Severino Mello)

Vai, vamos levando,
Essa bandeira não pode parar.
Vai, segura firme,
Essa bandeira pega o céu, traz pro chão.
Certeza de sol nascente,
Fogo queimando, rima certa na canção.

Vê todo o seu esplendor,
Toda harmonia, todo seu amor.

Não, não desanime;
É preciso não se perder.
Se existem espinhos,
Mais forte será sua canção.

Essa bandeira vai na contramão,
Ela vai seguindo sua direção.



67 – COMO UM GRANDE RIO
(Gen Rosso – G. Balduzzi / C. Casucci / V. Cipri)

É como um grande rio,
A nova civilização.
Corre até o mar, nos arrastará,
E ninguém jamais irá impedir.

É uma melodia,
A nova civilização.
A partir de nós, logo existirá.
E talvez também tu percebas no ar.

Construir aqui um novo caminho de paz
Não é um sonho, não; podemos vê-lo já.
Nova aurora vem resplandecer pra nós, (bis)
A força do futuro vive aqui.



68 – MÃE DULCÍSSIMA
(Gen Rosso)

Se eu fosse poeta
Falaria de ti
As coisas que ninguém disse jamais
Se tivesse o dom da arte
Eu roubaria luz
Faria um desenho desse teu olhar
E se tivesse asas
Eu partiria em vôo
Para chegar no alto junto a ti

Mãe dulcíssima
Tesouro dos mais pobres
Coragem de quem ainda espera
Tu, Mãe dulcíssima
Consola estas lagrimas
Escuta aqueles que não têm mais voz

Repouso dos mais fracos
Silencio de quem dá
Fonte para a nossa aridez

Esplendor da nossa noite
Estrela da manha
Neve branca sobre a cidade

Rainha da paz
Vértice do amor
És raiz da nossa vida
Tu, mãe dulcíssima
Tesouro dos mais pobres
Coragem de quem ainda espera
Tu, mãe dulcíssima
Consola estas lagrimas
Escuta aqueles que não têm mais voz

Dos náufragos és ancora
Do canto poesia
De nossos sonhos és realidade
Reflexo de infinito
Clarão das estrelas
Imagem do cosmo que será

Vagando a nossa terra
Nascente entre as rochas
Segredo que se encontra em cada flor

Mãe dulcíssima
Tesouro dos mais pobres
Coragem de quem ainda espera
Tu, mãe dulcíssima
Consola estas lagrimas
Escuta aqueles que não têm voz
Tu, mãe dulcíssima
Tesouro dos mais pobres
Coragem de quem ainda espera
Tu, mãe dulcíssima
Consola estas lagrimas
Escuta aqueles que não têm mais voz

Escuta aqueles que não têm mais voz



69 – O TEU AMOR ESTÁ EM MIM
(Dino Acconci/Giulio Acconci)

O teu amor está em mim,
Dá vida minha canção.

No pranto e na dor,
Ao meu lado estás,
Tu queres mostrar-me que
Simples gestos são
Grandes se trazem amor
Ao coração

O teu amor está em mim,
Dá vida à minha canção.
Tu és o vento
Que me eleva cada vez mais.
O teu amor está em mim,
E farei o mundo ver:
É maravilhoso viver!
É maravilhoso viver!

Quando a noite cai,
Me dás tua mão.
Tu queres mostrar-me que
Simples gestos são
Grandes, se trazem amor
Ao coração.

O teu amor está em mim,
Dá vida à minha canção.
Tu és o vento
Que me eleva cada vez mais.
O teu amor está em mim,
E farei o mundo ver:
É maravilhoso viver!
É maravilhoso viver!

O teu amor está em mim, forte me faz
O teu amor está em mim, forte me faz

O teu amor está em mim,
Dá vida à minha canção.
Tu és o vento
Que me eleva cada vez mais.
O teu amor está em mim,
E farei o mundo ver:
É maravilhoso viver!
É maravilhoso viver!

Também: VERSÃO EM INGLÊS



70 – QUEIMA-NOS NO TEU AMOR
(Genverde)

Este pão, que trazemos ao altar,
Migalhas do mundo.
Céu e terra, enfim, o homem,
Oferecem as migalhas do mundo.

Mundo que a ti retorna,
Mundo que quer perder-se em ti.
Tu queima-nos no teu fogo,
Queima-nos no teu amor.

Este vinho, que trazemos ao altar,
É uma gota do mundo.
Céu e terra, enfim, o homem,
Oferecem estas gotas do mundo.

Mundo que a ti retorna,
Mundo que quer perder-se em ti.
Tu queima-nos no teu fogo,
Queima-nos no teu amor.

Queima-nos no teu fogo,
Queima-nos no teu amor.



71 – LUZ
dedicada a Chiara Luce(Sandro Rojas Badilla)

Brilhava justo aqui,
entre tantos sem saber
pequena ainda voce é

Reflexo, sombra e luz,
cada um no seu lugar,
mas tu buscavas algo mais.

Então uma morna brisa,
que te leva pelas maõs
e agora em tua alma te dirà…

CORRE, CORRE,
BRILHA JUNTO A MIM
LUZ DO MEU CAMINHO,
CORRE, CORRE,
BRILHA, BRILHA QUE
LUZ CLARA E BELA ÉS.

A noite esperava que
viesses a sorrir
para fundir-se com tua luz.

E sempre sentias que
nunca só estiveste aqui
porque este Sol brilha em ti.

A brisa tu já sabes
sopra sempre junto a ti
e agora na tua alma subira

CORRE CORRE,
DIGA QUE NAÕ TEM
NADA QUE TEMER!
CORRE CORRE,
BRILHA BRILHA QUE
LUZ CLARA E BELA!
CORRE CORRE,
DIGA QUE NAÕ TEM
NADA QUE TEMER!
CORRE CORRE,
BRILHA BRILHA QUE
ES TUA LUZ QUE VIVE EM MIM!
CORRE CORRE,
DIGA QUE NAÕ TEM
NADA QUE TEMER!
CORRE CORRE,
BRILHA BRILHA QUE
LUZ CLARA E BELA!
CORRE CORRE,
DIGA QUE NAÕ TEM
NADA QUE TEMER!
CORRE CORRE,
BRILHA BRILHA QUE
ES TUA LUZ QUE VIVE EM MIM!
IN TO THE LIGHT (para Chiara Luce)


Nesta página você poderá aprender algumas canções,
clique em ouvir no nome da canção.

Comente esta página por favor!
Caso queira um letra que não está aqui,
solicite e tentaremos providenciar.

Comentar


Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.